sábado, 28 de janeiro de 2017

Concursados de Trairi lutam pelo direito de serem convocados

Parte dos aprovados se reuniram através de uma comissão para uma reunião com o sindicato dos servidores municipais de Trairi na manhã do dia 24\01\17 às 9:30 em sua sede. O interesse dos aprovados é uma mobilização através das entidades administrativas competentes e meios de comunicação sobre a postura da prefeitura em convocar os candidatos aprovados no concurso de Trairi, realizado em 2016 para 247 vagas. A não convocação, falta de explicações do prefeito MARCOS PRADO, boatos de contratação de temporários, mostra uma fragilidade e a necessidade de uma postura concreta e séria por parte da prefeitura com relação a população de Trairi e seus candidatos aprovados. Essa mobilização referente a não convocação de candidatos não está sendo novidade somente em Trairi. Sindicatos municipais e Ministério Público estão sendo acionados para intervirem na convocação de candidatos aprovados em outros municípios também, como exemplo em Itapipoca, Uruburetama, Amontada e Caucaia. A intenção não é discutir o direito líquido e certo que os aprovados tem de tomar posse e sim de fazer valer esse direito. Seria interessante a mídia acompanhar esses casos, pois parece que os prefeitos destas localidades combinaram em contratar seus temporários deixando os diversos concursados de lado, tendo os mesmos que recorrer ao Ministério Público e aos Sindicatos para algo que é direito adquirido.fonte; Patrícia Oliveira Montenegro



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Terreno de gringo é invadido em Uruburetama por moradores da cidade.

Dezenas de moradores de Uruburetama resolverão invadir um terreno que fica situado ao lado da CE 243, um dos terrenos mais valiosos de Uru...